Palestra com a dra Virgínia A. Stallings sobre Nutrição da FC- 8 de abril de 2017

Palestra com a dra Virgínia A. Stallings, diretora de pesquisa do Centro de Nutrição do Children’s Hospital of Philadelphia

Nossa segunda palestra foi com a simpaticíssima dra Virgínia, que veio dos Estados Unidos ao Brasil, primeiro para participar do Congresso Brasileiro de FC, realizado nesta semana em Curitiba, aonde a APAM também esteve presente, e no dia de hoje veio nos dar uma aula sobre a importância da nutrição aos pacientes de FC.

A doutora explicou muito sobre a importância do acompanhamento nutricional para cada paciente portador de FC, que deve se iniciar desde seu nascimento, passando pela fase da infância, juventude e fase adulta, pois muito se fala nos cuidados com a parte pulmonar, que é super importante, claro, mas que também é necessário, e primordial, manter o foco na boa alimentação de cada paciente.

Ela relatou sobre inúmeras pesquisas, que apontam que, com uma alimentação adequada, que nos pacientes de FC deve ter o foco em uma dieta hipercalórica e hiperproteica, o ganho de peso favorece também a melhora da saúde de cada paciente.

A correta alimentação, que deve ser feita com a orientação da nutricionista, deve ser focada em garantir as refeições principais, como café da manhã, almoço e jantar, aliada aos lanches nos intervalos, que também devem ser calóricos. E é nestes pequenos lanches que cada criança acaba por repor mais suas perdas, que acontecem muito mais nos pacientes de FC, com relação a outras crianças.

A média relatada pela doutora é, que o valor diário de ingestão calórica diária deve ser 120%, mais um acréscimo hiper calórico, como um reforço com azeite ou óleo na comida, um suplemento alimentar, etc.

Também é importante a reposição das enzimas pancreáticas, já que o pâncreas não produz estas enzimas na grande maioria dos pacientes (uma média que chega a 92% de pacientes que tem insuficiência pancreática).

Outro ponto abordado é a ingestão de um suplemento vitamínico A,D,E e K, que é fundamental, já que com a debilidade pancreática, cada paciente portador de FC também não absorve estas vitaminas como deve, gerando um déficit no organismo por sua falta, e por isso é importante o complemento destas vitaminas através dos comprimidos (aqui no Brasil atualmente é o Aquadeks, mas já está chegando em breve o DEKAs).

Em seguida a dra Virgínia falou sobre a dificuldade de dar as refeições para cada paciente, principalmente os mais pequenos, que recusam muito a comida, ou demoram a comer, ou falam muito durante a refeição, o que gera, muitas vezes, irritação, perda de paciência e até desgaste de toda família nesta hora.

Para isso uma das abordagens recomendadas pela dra é Usar a psicologia na hora das refeições, elogiar quando a criança come, dar incentivos por ela ter comido tudo, e evitar ao máximo as brigas na hora das refeições, para que o momento, que muitas vezes é uma hora que gera tristeza, seja revertido em um momento mais alegre e descontraído.

É necessário, em alguns casos, ignorar certas atitudes, mudando o foco do assunto, para que a criança se alimente adequadamente, e aceite com mais facilidade a alimentação.

Também é importante a mudança de hábitos, seguindo as orientações passadas pela nutricionista sobre a dieta adequada, e reforçar a alimentação, de forma a ser mais calórica, sempre focando em uma alimentação por vez.

Exemplo: Nesta semana por uma colher a mais de azeite no almoço, durante a semana toda. Na outra já focar em melhorar o café da manhã, etc. Com isso ao longo de um período fica mais fácil ter uma alimentação mais reforçada, e que vai trazer inúmeros benefícios para criança, o jovem e o adulto portador de FC.

Deixamos aqui nosso agradecimento a dra Virgínia, por sua simpatia e aula fantástica, e também agradecemos as intérpretes que nos auxiliaram durante a palestra, transcrevendo todas as orientações, e também as perguntas e respostas que lá foram realizadas.

Abraço a todos.

Atenciosamente – APAM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *