Estagiária faz descoberta que pode prolongar a vida dos pacientes com FC – Junho de 2014

Estagiária fez uma grande descoberta sobre fibrose cística, o que pode prolongar a vida dos pacientes com essa condição.

Jo Armstead, de 21 anos, estudante do terceiro ano de medicina, foi passar nas férias fazendo estágio no Hospital Wynthenshawe, Reino Unido.
Ela passou horas examinando centenas de dados médicos e descobriu que metade dos adultos que sofrem de fibrose cística estão infectados com um fungo comum.
Especialistas dizem que a descoberta pode ajudar a prolongar a vida de pacientes com essa doença pulmonar debilitante, bem como ajudar a diagnosticar melhor o mais cedo possível.
Essa instituição foi a primeira do mundo a realizar um transplante duplo de pulmão em um paciente cujos órgãos foram praticamente destruídos pela fibrose cística, e também abriga o centro nacional de pesquisa para uma doença fúngica chamada aspergilose.
Trabalhando ao lado de um especialista em doenças infecciosas, ela meticulosamente analisou os números e descobriu que metade dos 75 mil pacientes no estudo de fibrose cística tinha sido infectada com o fungo Aspergillus…

Leia matéria completa acessando o link abaixo:

http://www.jornalciencia.com/saude/mente/4098-estagiaria-fez-uma-grande-descoberta-sobre-fibrose-cistica-o-que-pode-prolongar-a-vida-os-pacientes-com-essa-condicao-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *